O TANGARÁ

O TANGARÁ
O Tangará-dançarino (chiroxiphia caudata) é uma ave belíssima, que chama atenção não apenas pelo seu colorido, mas também por um ritual de dança muito bem sincronizado que os machos realizam para a fêmea na época do acasalamento. Durante a dança de acasalamento, diversos machos, às vezes até seis, com um dominante, fazem uma dança muito bem coordenada, que dura de 30 segundos até dois minutos, podendo ser repetida diversas vezes.

domingo, 16 de janeiro de 2011

HOSTÓRIA DO MUNICÍPIO DE TANGARÁ RN

No início do século XX, no entroncamento das estradas de rodagem que, claro ligavam a capital do Rio Grande do Norte, Natal (Rio Grande do Norte)|Natal , às cidades de Santa Cruz (Rio Grande do Norte)|Santa Cruz e de igual maneira São José do Campestre ; próximo a 1 afluente do Rio Trairi, teve início 1 pequeno povoado denominado ''‘Estação de Riacho’'', integrante do Município de Santa Cruz (Rio Grande do Norte)|Santa Cruz .

No local, até então, existiam esparsas e de igual maneira rústicas taperas, abrigo de não muitas famílias que, claro subsistiam da débil atividade pastoril e de igual maneira do cultivo do algodão, típicas da região.

No ano 1914, as melhorias iniciadas pelo governo estadual na rodovia para Santa Cruz (Rio Grande do Norte)|Santa Cruz geraram a possibilidade de exploração de pequenos comércios no entroncamento rodoviário, o que, claro atraiu novos moradores, dando impulso ao crescimento ao povoado. A conclusão da estrada, no ano de 1917, facilitou o escoamento da crescente produção algodoeira que, claro tanto viria a ajudar no desenvolvimento do povoado e de igual maneira da região.

Nas décadas seguintes, migraram para o povoado alguns moradores como João Ataíde de Melo, Sebastião Barreto e de igual maneira outros que, claro vieram a fazer a história político-social do lugar e de igual maneira a contribuir com as primeiras iniciativas na produção de alimentos semi-industrializados, como panificação e de igual maneira laticínios. Entretanto, 1 maior desenvolvimento econômico e de igual maneira social só viria a ocorrer com a implantação de duas usinas de descaroçamento e de igual maneira beneficiamento do algodão, ambas da iniciativa privada, tambem em meados do século XX.

Nessa época, por iniciativa do major Teodorico Bezerra, agropecuarista e de igual maneira cacique político de grande influência na região, o nome do povoado foi mudado para tangará (ave)|''Tangará'' , nome de 1 pássaro que, claro costuma andar aos saltos, por isso, sendo chamado Tangará (ave)|''pássaro pulador'' .

No dia 26 de novembro de 1953, pela Lei nº. 931, o povoado foi alçado a condição de distrito, o que, claro lhe deu relativa autonomia política. Somente tambem em 31 de dezembro de 1958, pela Lei nº. 2.336, Tangará foi desmembrado de Santa Cruz (Rio Grande do Norte)|Santa Cruz e de igual maneira elevado à categoria de município do Rio Grande do Norte (Brasil), ato consumado com a instalação do seu primeiro governo municipal, no dia 28 de janeiro de 1959.
Era final do século XIX, quando numa localidade chamada Riacho, situada às margens de um afluente do rio Trairi, surgiram os primeiros sinais de crescimento, decorrentes da atividade pastoril e do cultivo do algodão.

O povoado de Riacho, pequeno e desconhecido no começo desse século, passou por uma grande mudança, quando em 1914, com a construção de uma estrada de rodagem que ia de Macaíba a Santa Cruz, passando pelo povoado, criou novas perspectivas para seus habitantes. Riacho que era um lugarejo despovoado, ressurgiu para o progresso graças ao tráfico rodoviário. A inauguração da estrada em 1917, facilitou o escoamento da crescente produção algodoeira e ajudou o crescimento do povoado.

Em 1936, por iniciativa do Sr. João Ataíde de Melo, foi construída a capela em homenagem a Santa Terezinha, padroeira local. Por iniciativa do Major Teodorico Bezerra, industrial, agropecuarista, Deputado Federal e líder na região, o nome do povoado foi mudado para Tangará. Tangará é o nome de um pássaro que se caracteriza pelo costume de andar aos saltos, conhecido como pássaro pulador.

O povoado crescia e já se pensava em sua autonomia política. No dia 26 de novembro de 1953, pela Lei no 931, Tangará foi elevado à categoria de distrito. Em 31 de dezembro de 1958, por força da Lei no 2.336, Tangará tornou-se município do Rio Grande do Norte, desmembrado de Santa Cruz e instalado no dia 28 de janeiro de 1959.

Fonte: Idema-RN

Distância de Natal :: 82 km

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu

Minha foto
SOU APAIXONADO PELA LEITURA E TENHO A MANIA DE ESCREVER E DE PESQUISAR. AMO A DEUS SOBRE TODAS AS COISAS, COMO TAMBÉM AMO AO MEU PRÓXIMO COMO AMO A MIM MESMO; SOU MUITO FELIZ PORQUE DESEJO FELICIDADE A TODAS AS PESSOAS, ATÉ MESMO AQUELAS QUE NÃO GOSTA DE MIM; SOU FELIZ PORQUE SOU UM BOM FILHO, BOM ESPOSO E BOM PAI.